UpNext

4 frases que você não deveria falar para o seu filho quando ele está no celular.

Gourmetzinho
Preocupada com o tempo que seu pequeno passa em frente a telas, não apenas do celular, mas de tablets, TVs e computadores? Essa é uma preocupação frequente de mães e pais, já que vivemos em um mundo cada vez mais tecnológico e não queremos que os pequenos fiquem para trás. Ao mesmo tempo, ameaças como sobrepeso, sedentarismo, desenvolvimento cognitivo, bullying, transtornos emocionais, entre outros, são foco de atenção diária.

Então, como lidar com isso? Um novo artigo do norte-americano Richard Cullata, CEO da ISTE (International Society for Technology in Education) e autor do Livro "Digital for Good: Raising Kids to Thrive in an Online World" (Digital para o Bem: Criando Crianças para Prosperar no Mundo Digital), aborda uma nova maneira de negociar sobre este tema.
Todo dia mesma coisa, você controla o tempo de uso do pequeno, pede para desligar e ou ele não acata ou esperneia. Richard Cullata sugere algumas frases que não devem ser ditas e alternativas. Confira: .

“Você está viciado no celular!”


Os aplicativos, jogos e redes sociais são viciantes, e não o celular. Tente dizer: “Você não fez nenhuma atividade física hoje” ou “Você anda muito distante da sua família”.

“Você passa muito tempo jogando!”


Que tal mostrar alternativas frente às telas diferente do jogo, onde a família possa interagir? Um jogo para todos, filme ou atividade educativa.

“Pare de ficar sentado na frente do computador o dia todo”


Quando você lê um livro, também fica sentado, então aqui o ideal é explicar o que você sente falta: atividade física, ajuda em casa, leitura, refeição com os pais…).

“Você precisa interagir com pessoas reais”

Os amigos online são reais também. O ideal é comentar como a família sente falta de passar tempo com ele e sugerir encontros com amigos fora das telas.

Ou seja, o melhor é tentar focar em aspectos positivos, ao invés dos negativos, mostrando que existem outras possibilidades. Curtiu? Comente e compartilhe essa matéria!